Sudam aprova 235 projetos de incentivos fiscais em 2014

Com desempenho igual ao de 2013, a Sudam concluiu o exercício de 2014 com a aprovação de 235 projetos de incentivos fiscais. Dos nove estados amazônicos somente o Acre e Roraima não aprovaram pleitos na Superintendência no ano passado.

Em 2014, a Sudam aprovou 211 projetos de redução de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), 14 projetos de Reinvestimento, um de Depreciação Acelerada e nove do incentivo da Isenção do Adicional ao Frete para Renovação da Marinha Mercante (AFRMM). Os estados do Amazonas, Mato Grosso e Pará são os recordistas de projetos aprovados com 109, 79 e 20 pleitos liberados, respectivamente.

Os incentivos fiscais são concedidos pela Sudam a empresas privadas localizadas na Região com o objetivo de atrair investimentos para a Amazônia. Com o incentivo concedido, a empresa pode investir na sua própria modernização e na geração ou manutenção de empregos.

Os projetos aprovados pela Sudam no exercício passado beneficiaram 127 empresas e geraram/mantiveram, aproximadamente, 50 mil postos de trabalho diretos e indiretos. A maioria das empresas beneficiadas utilizou os incentivos para modernizar os seus empreendimentos. Já o setor de eletroeletrônica foi o que mais gerou emprego na Região.
 
 
Publicação: 15/1/15
Texto: Leidemar Oliveira
Fonte: www.sudam.gov.br