Fabricante alemã de tratores se instalará em Sorriso e fará investimentos de R$ 30 milhões

 Deve começar no próximo mês a reforma do prédio que abrigará a sede da Divisão Central de negócios da Fendt no Brasil. A fabricante de máquinas agrícolas, que escolheu Sorriso para ser o berço da empresa no Brasil, anunciou as operações no país no mês passado, mas há dois anos vem analisando o mercado.

Em Sorriso, a empresa fará investimentos de R$ 30 milhões e instalará um escritório central, unidade de vendas, serviços, treinamentos, centro de distribuição de peças e oficina. A princípio, explica o diretor na América do Sul, José Galli, 25 pessoas integrarão a equipe, mas a expectativa é que o número cresça rapidamente, visto que, a partir de Mato Grosso, a empresa ampliará sua atuação em outros países.

Nesta quinta-feira, representantes da empresa reuniram-se com o prefeito Ari Lafin e com os secretários municipais Estevam Hungaro Calvo Filho (Administração), Claudio Drusina (Desenvolvimento Econômico), Marlon Zanella (Governo), e com a diretora-executiva da Fundação Sorriso, Yara Dahmer, que está à frente das atividades para desenvolvimento do Parque Tecnológico de Sorriso.

“Recebemos total apoio do município para a implantação de nossos negócios no Brasil, e escolhemos esta região justamente para ficar próximos dos produtores, que têm interesse em adquirir nossos produtos, de alta tecnologia, e querem ter proximidade na hora dos atendimentos”, comentou Galli. Junto com ele, também participaram da reunião o diretor de Expansão Global, Christian Junglaus e Felix Glas, que é o gerente de Marketing da Fendt.

“Estamos em uma posição estratégica, no entroncamento entre as BRs 163 e 242, e, somado a esta questão logística, também disponibilizamos todo o apoio necessário para a desburocratização de processos, facilitando a instalação de novas empresas, que geram empregos, renda e contribuem significativamente para a transformação de nossa economia”, destacou o prefeito de Sorriso, Ari Lafin.

A alemã trabalha com a comercialização de tratores de alta potência, plantadeiras e colheitadeiras. Os tratores serão importados diretamente da Alemanha para Sorriso. Já as plantadeiras e colheitadeiras serão produzidas em unidades fabris no Rio Grande do Sul, nos municípios de Santa Rosa e Ibirubá. No estado sulista, o investimento será de R$ 120 milhões.

As informações são da assessoria da prefeitura de Sorriso.

Redação Só Notícias (foto: Cleiton Isidoro/assessoria)